Audiências da ação “Rêmora” iniciam em novembro

0
274
Foto: José Medeiros/GCom MT.

A juíza Selma Rosane dos Santos agendou para 8 de novembro, às 13h30, a primeira de uma série de audiências de instrução e julgamento da operação “Rêmora”, que investiga desvios e cobrança de propina em obras da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Além do dia 8, as audiências serão realizadas nos dias 10, 25 e 28 de novembro e 1, 2 e 15 de dezembro. Todas as audiências terão início às 13h30 e serão realizadas no Fórum de Cuiabá.

O ex-secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto (PSDB), e outros acusados estarão presentes, como Giovani Guizardi e Fábio Frigeri.

Com as audiências, serão ouvidos os réus, testemunhas de acusação e defesa. O julgamento mesmo deve ocorrer somente em 2017.

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) aponta que das licitações investigadas e que somam R$ 56 milhões, apurou-se que foram efetivamente licitados R$ 21,5 milhões e, desse valor, foram executados apenas 17%, o equivalente a R$ 3.707.930,49. Diante disso, o dano potencial aos cofres do Estado é de R$ 370 mil a R$ 400 mil.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA