Procuradoria-Geral do Estado realiza concurso público

PGE de Mato Grosso/Foto: Assessoria.

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) contratou a Fundação Carlos Chagas (FCC), instituição com mais de 50 anos na área de educação, para cuidar da prestação dos serviços técnicos e especializados de organização e aplicação  de provas do Concurso Público, para o provimento da carreira do cargo de procurador do Estado.

A contratação refere-se ao Extrato do Contrato Administrativo nº 008/2016/PGE, publicado no Diário Oficial de Estado (DOE), desta quarta-feira (25.04).

O documento foi assinado pela procuradora-geral adjunta, Ana Flávia Gonçalves de Oliveira Aquino, e pela representante da FCC, Glória Maria Santos Pereira Lima.

Conforme o prazo de vigência do Extrato, a Fundação terá  que organizar o certame  para a PGE no período de  23/05/2016 a 22/05/2017.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) é uma instituição que tem por finalidade a aplicação de provas nos mais variados concursos do Brasil. Foi criada em 1964, como uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos e reconhecida como utilidade pública nos âmbitos federal, estadual e municipal. Experiente na área de educação, realizou mais de 2.300 concursos em nome de mais de 271 instituições públicas e privadas, para um total de mais de 20 milhões de candidatos.

Autorizado – Em 2015, o concurso público foi autorizado pelo governador Pedro Taques, o qual ofertou 25 vagas para procurador, 14 vagas para técnico  e 8 vagas para analistas,  após análise da Secretaria de Estado de Gestão (Seges) e Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), que realizaram o estudo de impacto orçamentário na despesa de pessoal de 2016 a 2018, visando respeitar o limite legal de gastos com pessoa previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Com estas contratações serão gastos R$ 11,2 milhões  em 2016; R$ 11,4 milhões em 2017 e 2018.

Por Everaldo Galdino – Assessoria Comunicação-PGE-MT

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA