Estudantes que ocupam escola são assaltados e mantidos reféns

Foto: Fato e Notícia.

Estudantes que ocupam a Escola Estadual Marlene Marques de Barros, em Várzea Grande, foram assaltados no início da madrugada desse sábado (28). Pelo menos três bandidos armados com grossos calibres mantiveram cerca de 40 jovens reféns antes de levaram as doações feitas por diversos segmentos da sociedade em apoio à ocupação.

O assalto ocorreu por volta da 1h da manhã. De acordo com os estudantes que estavam no local, a ocorrência chamou atenção por conta das armas usadas. “Havia pelo menos três bandidos, mas com armas diferentes das que são usadas por bandidos comuns nos assaltos que ocorrem frequentemente em Cuiabá. Tudo isso nos leva a crer que há algo orquestrado contra o movimento e não era um crime comum”, afirma um estudante que não quis se identificar. Ele informa ainda que os jovens foram mantidos reféns por alguns minutos, mas não sabe precisar exatamente o tempo.

Cerca de 40 estudantes participam da ocupação e estão acampados na Escola. Também foram ocupadas as Escolas Elmaz Gattas Monteiro, Ubaldo Monteiro e Dunga Rodrigues, em Várzea Grande. Essa última foi desocupada. A segurança não é feita por representantes das escolas e nem da Polícia Militar.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA