Depois de 7 dias preso, Ex-secretário Paulo Taques deixa Centro de Custódia de Cuiabá

Entre os presos está o ex-secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques (que é primo do governador Pedro Taques. Foto: Divulgação.

Após alvará de soltura, assinado pela desembargadora plantonista do TJ/MT, Antônia Siqueira Gonçalves Rodrigues, na tarde de ontem, Paulo Taques dá adeus ao Centro de Custodia de Cuiabá na tarde dessa sexta feira.

Preso desde a última sexta feira, (4), o ex-secretário Chefe de Estado da Casa Civil, Paulo Taques, teve o Habeas Corpus (HC) deferido pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca.

Paulo estava preso preventivamente expedido pelo desembargador do Tribunal de Justiça. Orlando Perri, atendendo pedido do delegado Juliano Silva de Carvalho, por suposto envolvimento no escândalo das escutas ilegais telefônicas no âmbito do governo do Estado, apelidado de “grampolândia pantaneira”, Todos os detalhes da operação, pode conferir aqui no site fato e noticia.

Taques deixou o CCC, sem falar com a imprensa, além do coronel PM reformado, um agente penitenciário e dois advogados do ex-secretário também tentaram “blindá-lo” da imprensa.  Taques seguiu direto para sua residência se encontrar com seus familiares. 

Os advogados de Paulo Taques disseram que ele se reservará nesse primeiro momento em se encontrar com seus familiares, e que posteriormente deve se pronunciar oficialmente sobre o assunto.

foto Alan Cosme | Paulo Taques deixando CCC.

E mais

Os ex-secretários chefe e adjunto da Casa Militar, coronéis Evandro Ferraz Lesco e Ronelson Barros, o ex-Comandante Geral da PM, coronel Zaqueu Barbosa, o cabo da Polícia Militar, Gerson Luiz Ferreira, também foram presos por suposta participação nos grampos ilegais, o tenente-coronel Januário Batista e o cabo Euclides Torezan, foram presos também, porem já foram soltos. (Especial Fato e Noticia)

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA