Fraudes em contratos

0
209

O governo do Estado informa que os valores totais dos contratos licitados para reforma e construção de escolas chegam a R$ 32 milhões na investigação do Gaeco sobre fraudes e pagamento de propina na Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc). O secretário de Governo, José Arlindo de Oliveira, diz que o valor correto será divulgado nos próximos dias. A investigação na secretaria é feita pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, na Operação Rêmora. Arlindo diz que os valores não são os R$ 56 milhões como divulgados inicialmente, segundo informações do portal do governo. Todas as obras foram suspensas e os servidores da Seduc estão apurando in loco o andamento das obras envolvidas na operação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA