Master coach: diferenciando propaganda de realidade

Lorena Lacerda/Divulgação.

Resolvi escrever esse artigo que, apesar de polêmico, já me soa de “utilidade pública” há algum tempo. Portanto, decidi fazê-lo por pura congruência e desejo de contribuir para que as pessoas recebam aquilo que contrataram.

Fiz uma pesquisa no Google sobre o significado da palavra “Master”. Vieram várias respostas, das quais selecionei uma que considero aderente: a palavra “Sênior”. Como antônimo, apareceu a palavra “Júnior”. Dessa forma, uma pessoa “Master” em uma determinada área é alguém que já está nela há um tempo considerável para ser considerada sênior, domina a prática e detém os conhecimentos necessários para uma entrega segura e consistente em qualquer cenário, do menor ao maior desafio.

Focando agora para o Coaching, concluímos que um “Master Coach” é alguém com anos de atuação na metodologia, que aplicou diversas vezes em diversos contextos de clientes, o que o possibilitou aprimorar a técnica e dominar o processo de trabalho de forma a, com maestria, lidar com diferentes desafios que surgem na jornada do coaching com segurança e destreza. Certo? Bem, na teoria sim. Mas, na prática, a coisa é diferente.

Tenho ouvido falar sobre diversos “Master Coaches”, e, curiosa, fui pesquisar porque se intitulam assim, afinal são pessoas que até então eu não conhecia, então me interessa saber a jornada desses profissionais que trazem bagagens tão consolidadas que os tornaram “masters” nessa tão relevante prática.

A constatação: dos que pesquisei, se intitulam “Master Coaches” porque fizeram um curso de Coaching com essa titulação. Isso mesmo! O curso lhes deu o título de Masters. Não foram centenas de horas de Coaching sendo entregues, para que todas as nuances do processo fossem conhecidas e dominadas. Foram algumas dezenas de horas de curso de coaching. Só isso.

A Federação Internacional de Coaches, em seu processo de acreditação de profissionais, prevê que um Coach para ser considerado Master precisa de pelo menos 2.500 horas de Coaching comprovadas, além de passar por todo um sério processo de avaliação para receber tal titulação.

Como ficam aqueles profissionais que dedicaram anos de suas vidas e grande parte dos seus recursos financeiros para investir na maestria da prática do Coaching, ao competirem lado a lado com “Master Coaches” de propaganda?

Bem, pobre do cliente, que infelizmente é, na maioria das vezes, desconhecedor deste contexto e cai no encantamento dos títulos. Fica o alerta para que façam um processo de contratação pra muito além dos títulos. Busquem consistência, busquem experiência, busquem comprovação do que está sendo dito. Afinal, seu tempo, sua vida, suas escolhas merecem um verdadeiro Master Coach.

LORENA LACERDA – Diretora Geral do Grupo Valure, Master Coach de executivos e de times há mais de 16 anos, tendo atendido neste período mais de 2.500 horas de Coaching. Associada em Mato Grosso da FDC-Fundação Dom Cabral, uma das melhores escolas de negócios do mundo e a melhor escola de negócios da América Latina pelos rankings Financial Times e América Negócios. Coach adjunta do Center for Creative Leadership (EUA), reconhecida como a 6ª melhor Escola de Educação Executiva no Ranking Mundial pela Financial Times. Formada como Coach pelo Hudson Institute (Santa Bárbara/EUA), considerada uma das melhores escolas de Coaching do Mundo. Professional Coach Certified pela ICF – International Coaching Federation desde 2009. Instrutora da Formação Internacional de Coaching pelo ICI – Integrated Coaching Institute®. Membro da Diretoria da ICF Brasil por 6 anos. Certificação MBTI® Myers-Briggs Type Indicator. Administradora, MBA em Gestão Empresarial FGV, Especialista em RH, MBA Executivo pela FDC-Fundação Dom Cabral (Nova Lima/MG). Certificada como facilitadora da metodologia “Immunity to Change” com o professor Robert Kegan, Universidade Harvard (Massachusetts/EUA). Atuou como coordenadora do Grupo de Supervisão da ICF/SP. Facilitadora da Accenture em Programas da Unilever do Brasil. Atua como consultora Empresarial há mais de 20 anos, nas áreas de Gestão Estratégica e Gestão de Pessoas. Instrutora de diversos treinamentos de liderança. Já treinou mais de 2.000 líderes em seus 20 anos de atuação profissional. Participou de diversos cursos e eventos de aperfeiçoamento profissional na área de Gestão Estratégica e de Pessoas, além de conferências nacionais e internacionais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA