Secretarias iniciam programa de saúde para atender cerca de 10 mil alunos na capital

0
28
Secretarias iniciam programa de saúde para atender cerca de 10 mil alunos

O programa Escola com Saúde, iniciativa conjunta das Secretarias de Saúde e Educação de Cuiabá, tem a meta de atender cerca de 10 mil alunos de 20 unidades educacionais, abrangendo creches, escolas e Centros Municipais de Educação Infantil. Os serviços vão começar na segunda quinzena deste mês.

As atividades do programa, neste primeiro momento, vão envolver alimentação saudável, prevenindo a obesidade, prevenção ao uso de drogas, combate ao mosquito Aedes Aegypti, incentivo a cidadania e cultura da paz e direitos humanos.

A secretária informou que os alunos serão submetidos a consultas médicas e outros procedimentos comuns nas unidades primárias de saúde, avaliações psicológicas e de saúde bucal e vacinação, visando especialmente à cultura da prevenção às doenças.Conforme a secretária de Saúde, Elizeth Lúcia de Araújo, o programa segue as premissas do plano de governo do prefeito Emanuel Pinheiro, fortalecendo as ações de desenvolvimento integral entre as duas secretarias com programas e projetos de enfrentamento às vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento pleno de crianças, jovens e adolescentes de zero a 15 anos.

“Não podemos trabalhar a humanização em saúde pensando apenas em ações que objetivem à cura dos sintomas. Por isso, faremos prevenção e promoção à saúde unindo os Programas de Saúde da Família (PSF), as unidades educacionais e também as comunidades, oferecendo qualidade de vida e saúde às nossas crianças”, frisou a secretária.

O responsável técnico pelo Programa, Márcio Frederico de Macedo Arruda, esclareceu que foram constituídas quatro equipes multiprofissionais itinerantes, compostas por pediatras, enfermeiras, técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos e agentes operacionais que serão responsáveis pelos atendimentos por região. O programa tem como base na Portaria Interministerial Nº 1.055 de 25 de abril de 2017. (Com Informações Secom)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA