Segundo suspeito em morte de PM morre durante perseguição

Morreu na noite de sexta-feira (3/2), durante uma troca de tiros com a Polícia Militar do município de Cláudia, Marcos Antônio Fabiani dos Santos, o “Marquinhos”. Ele é o segundo suspeito de participar do assassinato do PM Fábio Zampirão, na manhã de segunda (30), em uma tentativa de assalto no residencial Florença, em Sinop.

Durante buscas em uma região de mata fechada, o suspeito e a polícia trocaram tiros. A informação foi confirmada pela PM. Marcos, chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital de Cláudia, mas não resistiu e morreu.

Marquinhos estava foragido desde segunda-feira logo após o assalto que culminou com a morte do policial. Na fuga ele e o comparsa que também foi morto em troca de tiros com a polícia se esconderam em uma mata nos fundos do bairro Boa Esperança. De lá,  conseguiu furar o cerco policial e fugir para região da cidade de Cláudia, onde voltou a trocar tiros com a polícia.

O criminoso possuía passagem pela polícia. Em 2013 foi preso em flagrante, pois, juntamente com outros dois homens participou de um assalto em uma fazenda em Cláudia. Eles levaram uma caminhonete Hillux, sequestraram o proprietário e um funcionário.

Relembre o caso

Na manhã da última segunda-feira (30/1), Marcos e um outro homem identificado como Wellington Silva, participaram do assassinato do PM Fábio Zampirão. O crime aconteceu na residência do policial militar. Devido uma movimentação suspeita, o PM saiu para verificar o que acontecia, quando os assaltantes o identificaram e atiraram. Fábio foi atingido nas costas. Ele chegou a ser socorrido, porém não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Os dois suspeitos roubaram uma motocicleta Biz de cor vermelha e fugiram para uma região de mata próxima ao bairro Boa Esperança. Ao realizar buscas no local houve troca de tiros e, um deles, o Wellington, foi baleado e morreu na hora, já Marcos conseguiu escapar e fugiu.

Na manhã de quarta (1º), Marcos saiu da mata e adentrou uma residência. Armado, ele rendeu os dois moradores e os trancou no banheiro. Ele roubou uma moto Factor de cor preta e fugiu sentido a cidade de Cláudia. Entretanto a polícia havia montado uma barreira na MT-243. Ao perceber a ação policial, novamente houve troca de tiros, no entanto mais uma vez o acusado escapou e entrou na mata.

Algumas equipes policiais de cidades vizinhas se deslocaram a Sinop para contribuir com as buscas. Além disso, um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), foi disponibilizado pela secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp) para sobrevoar a região.

Continuando com as buscas, na noite dessa sexta (3), Marcos foi baleado durante uma terceira troca de tiros e morreu no caminho do hospital.

Leia também

Segurança de Sinop recebe reforço após 9 mortes em menos de 24h

SESP anuncia força tarefa para investigar mortes em Sinop

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA