Vetor Brasil, com atuação no Mato Grosso, é finalista do Desafio de Impacto Social Google 2016

0
181
Foto: Da Assessoria.

A Vetor Brasil, que tem jovens trainees em gestão pública no governo de Mato Grosso,  é um dos dez finalistas do Desafio de Impacto Social, uma premiação organizada pelo Google para reconhecer ONGs brasileiras e fomentar o uso criativo de tecnologia para promover impacto social e mudar o país para melhor. A organização sem fins lucrativos, que atua no desenvolvimento de lideranças no setor público, foi selecionada para representar a região Centro-Oeste.

A votação popular segue aberta somente até dia 13 de junho por meio do site oficial do Desafio. Já em 14 de junho, os finalistas do Desafio apresentarão seus projetos para uma banca de juízes. Eles escolherão três ONGs vencedoras e anunciarão ainda a escolhida pelo público, cada uma recebendo um prêmio de R$ 1,5 milhão. As demais organizações receberão R$ 650 mil – totalizando quase R$ 10 milhões distribuídos pelo Google para tornar estes projetos realidade.

Inovando a Gestão em Mato Grosso

Para o advogado Ciro Morais dos Reis, 25 anos, que já fez intercâmbio e trabalhou na Romênia, fez cursos na Espanha, passou tempo na Argentina e recentemente esteve na Jordânia, e que hoje atua na Secretaria de Gestão em Mato Grosso, o trabalho no serviço público é o mais desafiador. “Aqui na secretaria posso ser agente de transformação”.

Ciro é assistente do secretário Julio Modesto e trabalha na mais importante comissão do Estado, a Comissão do RGA (Reajuste Geral Anual do Serviço Público) que tenta achar um consenso entre governo e servidores; o primeiro propõe 6% mas o funcionalismo quer 11%. “Aqui na secretaria posso ter contato direto com gestão pública. Minha experiência no governo é muito desafiadora. Como já trabalhei com direitos humanos e gestão, aqui posso exercer essa função no dia a dia das pessoas, realizando os levantamentos, ouvindo os dois lados sempre na busca do melhor para todos”, finalizou.

Outra profissional, inserida pelo Vetor Brasil no MT é a Ana Lídia Kuntz Ferreira, 27 anos, formada em Engenharia de Alimentos pela Unicamp e Engenharia Generalista pela Ecole Centrale de Lyon (França).  Ana conta que trabalha no Gabinete de Assuntos Estratégicos de Mato Grosso, e que tem como um dos principais desafios ajudar o governo a desenvolver compromissos ambientais bem “ambiciosos” assumidos pelo Governo Pedro Taques, na Conferência Internacional do Clima (COP 21), em janeiro deste ano.

Ela atua no Programa Produzir, Conservar e Incluir (Estratégia PCI). “Atuo em vários projetos, entre eles, desenvolver a inserção da agricultura familiar dentro da cadeia produtiva. E ainda na área ambiental junto a Secretaria Estadual de Meio Ambiente  em propostas para redução do tempo de análise de licenciamento ambiental, que tem impacto direto na economia do Estado”.

Para Ana Lídia atuar no serviço público é uma oportunidade para “retribuir” ao poder público toda educação gratuita  a que ela teve acesso. “Sempre estudei em escola pública e agora tenho a chance de aplicar tudo que estudei e gerar ações de alto impacto social para o meu país”, finalizou.

Segundo Joice Toyota, o Vetor Brasil, é uma  organização sem fins lucrativos  que atua por meio de acordos de cooperação técnica sem transferência de recursos, juntos aos governos estaduais. “Fazemos a conexão entre  jovens talentos e governos que precisam implementar políticas públicas inovadoras”, definiu.

 NOVOS INVESTIMENTOS

Com a premiação, o Vetor Brasil desenvolverá um portal para conectar jovens às diversas oportunidades de atuação no governo, propiciará espaços de aprendizado sobre a esfera pública brasileira e estimulará a percepção do jovem como agente de transformação do país. Focado em interatividade, o site oferecerá ainda testes de interesse e mapeamento de carreira – e chegará a mais de 30 mil jovens profissionais em seu primeiro ano.

De acordo com Joice Toyota, co-fundadora  do Vetor Brasil, esta pode ser considerada uma solução prática para levar o tema de gestão pública à população que ainda desconhece a importância e o impacto da atuação no setor público, ou não sabe como pode contribuir com o setor. Além disso, o governo brasileiro, que emprega mais de 11 milhões de pessoas, tem dificuldade para atrair jovens líderes para posições de alto impacto.

O Desafio de Impacto Social teve mais de mil inscritos e os dez finalistas foram selecionados segundo critérios como impacto na comunidade, tecnologia, viabilidade e escalabilidade. Esta é a segunda edição da premiação do Google, que tem entre os jurados de 2016 personalidades como a atriz Regina Casé; a jogadora de futebol Marta Vieira da Silva; Almir Naraymoga Suruí, líder do povo indígena Paiter Suruí; Denis Mizne, CEO da Fundação Lemann; Jacquelline Fuller, diretora do Google.Org; e Adriana Varejão, artista plástica brasileira.

Sobre o Vetor Brasil

Atualmente, 45 profissionais selecionados para o Programa Trainee de Gestão Pública da instituição estão atuando em 11 governos estaduais, em todas as regiões do país e em gestões de cinco partidos diferentes. Esses jovens atuam durante um a dois anos dentro de secretarias estaduais ou municipais com projetos estratégicos e são desafiados a desenvolver práticas e serviços públicos de qualidade à população brasileira, a fim de criar um país menos desigual.

 VÍDEO – https://www.youtube.com/channel/UCGKYELIyHb0yaAGWRUY-J0A

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA