Victório Galli e Valtenir Pereira disputam liderança da bancada Federal

Foto: Reprodução

Dois deputados federais querem a coordenação da bancada Federal de Mato Grosso, em Brasília. Victório Galli (PSC) e Valtenir Pereira (PMDB) trabalham nos bastidores para convencer os demais parlamentares estaduais em suas candidaturas. A escolha do novo coordenador ocorrerá no próximo mês de fevereiro. Ele terá a função de representar os demais parlamentares em decisões em que não há necessidade de alinhamentos prévios. O cargo não é remunerado.

Victório Galli é o nome escolhido pela base governista. Além do próprio voto, ele conta com o apoio dos deputados Nilson Leitão (PSDB), Adilson Sachetti (PSB), Fábio Garcia (PSB), Ezequiel Fonseca (PP) e o senador José Medeiros (PSD). Caso os fotos se confirmem, Galli substituiria Fábio Garcia que há um ano está à frente desta função.

Diante desse resultado preliminar, Valtenir se manifestou por meio de nota reafirmando que é candidato à coordenação da bancada Federal.  “Tenho boa articulação com o presidente da República e já conquistei votos importantíssimos. Agora, vou buscar novos aliados”.

Conforme destaca Valtenir, a escolha do novo líder ainda não ocorreu. “Sou candidatíssimo à coordenação da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional e pontuo que as conversações com os colegas estão bem adiantadas e temos até fevereiro para finalizar esse processo de escolha. Creio ter as credenciais necessárias para exercer essa nobre função, pois sou deputado de terceiro mandato, com passagens por importantes comissões, como a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), Comissão de Fiscalização, Financeira e Controle (CFFC) e Comissão Mista de Orçamento (CMO), além de bom trânsito pelos Ministérios, por pertencer à base de apoio e ser do partido do presidente Michel Temer”.

Apesar da afirmação, Nilson Leitão, declarou que não foi procurado por Valtenir e que, na verdade, nunca houve disputa pela coordenação. “Valtenir nunca me procurou. Vi pela imprensa que ele colocou o nome dele à disposição, mas nós já havíamos feito um compromisso com o Victório antes: que era quase um rodízio, sendo Fabinho em 2016 e o Victório ou Medeiros em 2017. Já tem pelo menos seis ou sete que anunciaram voto para ele então eu acho que não tem mais como não ser o Victório Galli”. Medeiros não vai concorrer à coordenação, mas é candidato à presidência do Senado.

Enquanto isso, Valtenir garante que irá buscar também o apoio de Victório Galli (PSC) – atual concorrente no pleito. “Sobre a fala do deputado Nilson Leitão (PSDB/MT), feita em mídia eletrônica, que ‘desisti e dei aval’ para o deputado Victório Galli ser o coordenador da bancada, a afirmação não procede. Estou conversando com o Galli, somos amigos e tenho certeza que ele confia em meu trabalho e na minha capacidade de articulação e mobilização pra representar a bancada”.

Bancada 

O novo líder irá representar os oito deputados federais: Adilton Sachetti (PSB), Carlos Bezerra (PMDB), Ezequiel Fonseca (PP), Fábio Garcia (PSB), Nilson Leitão (PSDB), Victório Galli (PSC), Ságuas Moraes (PT) e Valtenir Pereira, assim como os três senadores Cidinho Santos (PR), Wellington Fagundes (PR) e José Medeiros (PSD).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA