mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaProjeto que torna obrigatório conteúdo feminista nas escolas avança no Senado –...

    Projeto que torna obrigatório conteúdo feminista nas escolas avança no Senado – Educação – CartaCapital

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -

    A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou, na última quarta-feira 19, um projeto que torna obrigatória a inclusão de abordagens femininas nos conteúdos curriculares do ensino fundamental e do ensino médio. O texto, de autoria da deputada Tabata Amaral (PSB-SP), está na Comissão de Educação.

    Segundo a proposta, as abordagens devem incluir diversos aspectos da história, da ciência, das artes e da cultura a partir das experiências e das perspectivas femininas, “de forma a resgatar as contribuições, as vivências e as conquistas femininas”.

    O projeto também institui a Semana de Valorização de Mulheres que Fizeram História, a ser realizada anualmente, na segunda semana de março. Em 8 de Março, celebra-se o Dia Internacional da Mulher.

    Em um parecer favorável ao texto na Comissão de Direitos Humanos, a senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS) afirmou se tratar de “importante questão, não apenas para as mulheres, mas para toda a sociedade brasileira”.

    “Entendemos que o PL nº 557, de 2020, permitirá o aprimoramento da formação dos estudantes, contribuindo para que a transmissão de conhecimento não mais se efetive apenas sob perspectivas masculinas e para que haja a redução das desigualdades fundamentadas no gênero que ainda restringem a ocupação de espaços de conhecimento e decisórios pelas mulheres”, escreveu a relatora.

    Antes de chegar ao plenário, o projeto de lei precisa da aprovação da Comissão de Educação. Ele chegou formalmente ao colegiado na última sexta-feira 21.



    Informações são do site Carta Capital, Clique aqui

    MAIS RECENTES

    Greve do INSS continua após reunião frustrada entre servidores e governo

    O sindicato que representa os servidores do INSS afirmou que a greve que...

    Naufrágio na Mauritânia deixa 165 migrantes desaparecidos – Mundo – CartaCapital

    Pelo menos 165 migrantes ainda estavam desaparecidos nesta quarta-feira 24 após o naufrágio...

    Meta exclui 63 mil contas do Instagram na Nigéria por extorsão sexual – Tecnologia – CartaCapital

    A Meta anunciou na quarta-feira a eliminação de 63.000 contas do Instagram na...

    Mais Notícias

    Greve do INSS continua após reunião frustrada entre servidores e governo

    O sindicato que representa os servidores do INSS afirmou que a greve que...

    Naufrágio na Mauritânia deixa 165 migrantes desaparecidos – Mundo – CartaCapital

    Pelo menos 165 migrantes ainda estavam desaparecidos nesta quarta-feira 24 após o naufrágio...