mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaEduardo Bolsonaro marca “super live” com o pai para discutir “Twitter Files”...

    Eduardo Bolsonaro marca “super live” com o pai para discutir “Twitter Files” e eleições

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -


    Eduardo e Jair Bolsonaro
    Transmissão será realizada na noite deste domingo (7) e deve discutir principalmente a liberação de perfis alvos de restrições pelo STF.| Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

    O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) confirmou para a noite deste domingo (7) uma “super live” com a participação do pai, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), para discutir assuntos como os recém-divulgados “Twitter Files”, as eleições municipais deste ano, a liberdade de expressão, entre outros temas.

    A transmissão foi confirmada em uma postagem nas redes sociais pela manhã e será aberta às 20h no canal dele no Youtube. Jair Bolsonaro não comentou sobre a transmissão.

    Segundo Eduardo Bolsonaro, a live intitulada “organizando e preparando a direita” faz parte do movimento “Ação Conservadora” fundado por ele e pelo irmão, o vereador carioca Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

    “Temos um encontro hoje 20:00h. Atualidades, X (Twitter Files), liberdade, eleições e muito bem acompanhado”, postou na rede social X, que entrou no centro do noticiário deste final de semana após o empresário Elon Musk afirmar que vai passar por cima de decisões da Justiça que restringem perfis de pessoas na plataforma.

    O tema deve ocupar boa parte da transmissão, já
    que foi bem recebido pela direita brasileira que sempre criticou decisões do
    Supremo Tribunal Federal (STF), principalmente do ministro Alexandre de Moraes,
    de bloquear perfis de apoiadores de Jair Bolsonaro.

    Ainda neste domingo (7), Musk afirmou que vai divulgar “em breve” todas as demandas feitas por Moraes que ele diz que violam a legislação brasileira. Ele afirma que o magistrado “traiu a Constituição e o povo brasileiro” e, por isso, “deveria renunciar ou sofrer impeachment”.



    Source link

    MAIS RECENTES

    Mais Notícias