mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaMais de 22 milhões serão prejudicados em caso de banimento do Twitter

    Mais de 22 milhões serão prejudicados em caso de banimento do Twitter

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    Desde o fim de semana, perfis das redes sociais, jornalistas, advogados e políticos têm falado sobre um possível banimento da rede social X (antigo Twitter) no Brasil. O temor de que isso possa ocorrer se dá por conta do embate entre o bilionário Elon Musk, dono do X (ex-Twitter), e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes.

    Se for bloqueada no Brasil, a rede social prejudicará mais de 22 milhões de usuários, segundo estatísticas recentes.

    No sábado (6), Musk gerou alvoroço em sua rede social e no noticiário brasileiro ao perguntar a Moraes por que ele “exige tanta censura no Brasil”. Musk também disse que poderá restaurar todas as contas suspensas da plataforma no Brasil a pedido do judiciário, mas cuja forma e razões foram consideradas ilegais.  

    O questionamento ocorreu após a divulgação de uma nova série de documentos internos do Twitter envolvendo as tratativas da rede social com autoridades e personalidades brasileiras que revelam que o TSE, além de parlamentares e do Ministério Público, buscaram violar o Marco Civil e “direitos constitucionais” dos cidadãos brasileiros, segundo os próprios consultores jurídicos da empresa, para fazer pesca probatória e coletar dados em massa de usuários que postaram determinadas hashtags.

    Os documentos foram revelados pelo autor e jornalista Michael Shellenberger, em colaboração com a Gazeta do Povo.  

    Em resposta, Moraes determinou a abertura de um inquérito contra Musk e pediu a inclusão do dono do Twitter como investigado em outro inquérito já existente, o polêmico inquérito das milícias digitais.

    Alinhados com a reação de Moraes, representantes do governo e parlamentares da esquerda reforçaram os pedidos para regulação das redes sociais, pediram a “responsabilização” de Musk e o acusaram de ser um tipo de “porta-voz da extrema-direita global”. 

    Há ainda relatos de bastidores de que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi alertada para possível ordem judicial para tirar o X do ar.

    Caso a situação escale e se confirme o temor de muitos perfis de que o X seja banido, o Brasil passará a figurar na lista de países que não permitem a rede social, como China, Rússia, Irã e Coreia do Norte.

    De acordo com dados da Global Overview Report 2024 – uma pesquisa sobre o mundo digital feita pelo DataReportal – com base no número de recursos publicitários do X (Twitter), no início de 2024, a rede social tinha cerca de 22,13 milhões de usuários no Brasil, o que corresponde a 10,2% da população do país. 

    Ainda, de acordo com o relatório, ao todo, o Brasil tem 144 milhões de usuários ativos nas redes sociais, chegando a 66.3% da população.



    Source link

    MAIS RECENTES

    Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias – CartaCapital

    As pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no Cadastro...

    Após ser cassado, Deltan volta à Câmara para participar de debate sobre a Lava Jato – CartaExpressa – CartaCapital

    O ex-procurador e ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo) retornará à Câmara, nesta terça-feira...

    Pai de Rafael comenta momento que soube da convocação do goleiro do São Paulo: “Fizemos a festa”

    O post Pai de Rafael comenta momento que soube da convocação do goleiro...

    Mais Notícias

    Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias – CartaCapital

    As pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no Cadastro...

    Após ser cassado, Deltan volta à Câmara para participar de debate sobre a Lava Jato – CartaExpressa – CartaCapital

    O ex-procurador e ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo) retornará à Câmara, nesta terça-feira...