mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaFlávio Bolsonaro diz que Elon Musk "não cometeu nenhum crime"

    Flávio Bolsonaro diz que Elon Musk “não cometeu nenhum crime”

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) defendeu o empresário Elon Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), em meio ao embate com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. O parlamentar classificou o inquérito das fake news, conduzido por Moraes, como um “grande buraco negro”.

    O parlamentar ressaltou que Musk “não cometeu crime nenhum” e “só fez uma pergunta ao ministro, que usa a rede social dele”.

    “O que começa errado vai terminar errado. Não é porque é com o Elon Musk agora, isso está acontecendo há mais de cinco anos com um inquérito totalmente ilegal, inconstitucional e imoral, que foi aberto de ofício no STF, deslocando o foro de qualquer cidadão brasileiro para o Supremo contra o que diz a Constituição… Tudo que acontece no Brasil hoje é puxado para esse grande buraco negro que é o inquérito das fake news”, disse o senador em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

    Neste final de semana, Musk disse que não cumpriria as determinações da Corte para manter bloqueados perfis de investigados por supostos atos antidemocráticos. O empresário também sugeriu que o ministro “deveria renunciar ou sofrer impeachment”. Após a repercussão, o magistrado incluiu Musk no inquérito das “milícias digitais”.

    Parlamentares da oposição ao governo Lula saíram em defesa do bilionário. O senador afirmou que essa pauta não é da “direita contra o STF”, mas representa a “defesa da liberdade de expressão”.

    “Um cidadão americano, uma empresa privada, do meu ponto de vista não cometeu crime nenhum, apenas falou, se posicionou, fez uma pergunta ao ministro que usa a rede social dele… O Elon Musk não tem foro por prerrogativa de função, está tudo errado. O ministro toma mais uma vez uma decisão monocrática, antes que qualquer ato fosse cometido, já incluindo ele no inquérito”, apontou o senador.

    Para Flávio, Moraes atua com “postura exagerada e fora da lei” no inquérito das fake news e seus desdobramentos. “O Supremo Tribunal Federal tem que voltar a ser uma Corte constitucional e não uma Corte criminal, como está acontecendo agora. A percepção da população é que só se olha para investigar ou para tentar amordaçar uma determinada ala da política dentro do Brasil”, disse.

    Questionado sobre um possível impeachment de Moraes, Flávio ressaltou que esse não é o caminho para “resolver o problema” do Brasil.

    “Sempre acreditei e continuo acreditando em uma autorregulação do próprio Supremo. Acho que essa é uma excelente oportunidade para que o Supremo tente retomar as rédeas da Corte, parar de ser toda hora sugado para dentro de uma discussão que não é institucional, é relativa apenas a um ministro para que as coisa voltem a normalidade”, afirmou o parlamentar.



    Source link

    MAIS RECENTES

    Absolvição de Moro no TSE sinaliza trégua com oposição

    A decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em favor do senador Sergio...

    Conselho de Ética adia votação do parecer de Boulos pelo arquivamento de ação contra Janones – CartaExpressa – CartaCapital

    O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados adiou nesta quarta-feira 22 a...

    Mais Notícias

    Absolvição de Moro no TSE sinaliza trégua com oposição

    A decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em favor do senador Sergio...