mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaSabesp é autorizada a reajustar tarifas em 6,4% a partir de maio...

    Sabesp é autorizada a reajustar tarifas em 6,4% a partir de maio – CartaExpressa – CartaCapital

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp) autorizou, nesta segunda-feira 8, a Sabesp a reajustar as tarifas de consumo de água para o estado de São Paulo em 6,4%, a partir do dia 10 de maio.

    O reajuste foi autorizado com a divulgação de uma nota técnica da empresa prestadora de serviço. As novas tabelas tarifárias serão publicadas no Diário Oficial do estado.

    A companhia de abastecimento de água atende 376 municípios de São Paulo, incluindo a capital e região metropolitana, chegando a 28 milhões de habitantes. Sob a gestão de Tarcísio de Freitas (Republicanos), a empresa avança um processo de privatização.

    Entre os meses de maio e agosto deste ano, a companhia deve definir quais ações irá ofertar para o mercado privado.

    No final de março, após quase cinco meses de trabalho, a Comissão Especial de Estudos Relativos ao Processo de Privatização da Sabesp votou e aprovou os dois relatórios finais sobre a privatização da companhia.

    A Sabesp pretende usar os dados do resultado do primeiro trimestre, previsto para ser publicado em 9 de maio, para basear os investidores interessados no follow-on em que o governo estadual vai reduzir sua participação de controle na empresa.

    Antes da oferta das ações, a empresa deve concluir em abril o processo para obter autorização de credores para a troca de controle e, em maio, deve convocar nova assembleia para aprovar o novo estatuto da companhia.

    Defensores da privatização sustentam que o processo pode gerar queda no preço das tarifas. Experiências no Brasil e no mundo, no entanto, trazem evidências contrárias.



    Informações Carta Capital

    MAIS RECENTES

    Inquéritos de Moraes reposicionam Cármen na liberdade de expressão

    A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), estará, nos próximos meses,...

    Pimenta diz que extrema-direita se aproveita da tragédia e nega “politização”

    O ministro Paulo Pimenta, da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio...

    Mais Notícias

    Inquéritos de Moraes reposicionam Cármen na liberdade de expressão

    A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), estará, nos próximos meses,...

    Pimenta diz que extrema-direita se aproveita da tragédia e nega “politização”

    O ministro Paulo Pimenta, da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio...