mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaBolsonaro confirma apoio a irmão de Gilmar Mendes em eleição municipal do...

    Bolsonaro confirma apoio a irmão de Gilmar Mendes em eleição municipal do MT

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou que apoiará o pré-candidato à prefeitura de Diamantino (MT), Chico Mendes (União-MT), nas eleições municipais deste ano. O apoio foi mencionado pela mídia local durante uma visita à cidade na segunda (8) e marca uma tentativa de aproximação com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Mendes é irmão do pré-candidato e, recentemente,
    fez comentários sobre ações que envolvem Bolsonaro na Corte, entre elas a
    investigação que apura a adulteração de certificados de vacinação contra a
    Covid-19.

    Bolsonaro participou de um ato em Diamantino com
    Chico Mendes, e apareceu em uma gravação comendo pastel com ele. Mendes
    classificou o momento como “histórico” para a cidade. A aliados, segundo
    relatado pela mídia local, o ex-presidente confirmou o apoio.

    “O nosso pré-candidato aqui é o Chico Mendes”, disse Bolsonaro em um discurso na cidade (veja aqui). A coluna Entrelinhas, da Gazeta do Povo, ressaltou ainda que houve uma breve ligação entre Bolsonaro e Gilmar Mendes, mas o teor da conversa não foi divulgado.

    Pelas redes sociais, Chico Mendes agradeceu a visita de Bolsonaro e afirmou que é um “orgulho de ser pré-candidato representando todos os que acreditam que nossa cidade e nosso País podem muito mais. Juntos voltaremos a andar de cabeça erguida e traremos de volta a nossa auto-estima”.

    O apoio de Bolsonaro a Chico Mendes é visto como
    uma tentativa de aproximação com Gilmar às vésperas do início do julgamento de
    processos contra ele no STF.

    Responsável pela intermediação entre Bolsonaro e Gilmar Mendes, o senador Wellington Faguntes (PL-MT) afirmou que “se houve alguma aresta entre os dois, acredito que isso [a aliança] representa uma aproximação”, disse à Folha de São Paulo.

    No entanto, Chico Mendes negou que o apoio a ele seja uma “aproximação”, dizendo que “não tem nada a ver”. “Eu atuo apenas na política e não no Judiciário, o ex-presidente estava por aqui em agenda política e decidiu me visitar, apenas isso”, completou.

    Bolsonaro não comentou a articulação.

    A cidade de Diamantino já foi governada pelo pai e pelo avô do ministro Gilmar Mendes, e teve 62,9% dos votos válidos a Bolsonaro na eleição de 2022.





    Source link

    MAIS RECENTES

    Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias – CartaCapital

    As pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no Cadastro...

    Após ser cassado, Deltan volta à Câmara para participar de debate sobre a Lava Jato – CartaExpressa – CartaCapital

    O ex-procurador e ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo) retornará à Câmara, nesta terça-feira...

    Mais Notícias