mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaAlfândega não tem registro entrada de Filipe Martins nos EUA no fim...

    Alfândega não tem registro entrada de Filipe Martins nos EUA no fim 2022

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    A Alfândega de Proteção de Fronteiras de Orlando nos Estados Unidos não tem registros de que o ex-assessor de Jair Bolsonaro (PL), Filipe Martins, entrou no país pela Flórida em 30 de dezembro de 2022, como diz a acusação inicial que ensejou a ordem de prisão assinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

    A informação é do Poder360 que teve acesso a e-mails em que a Alfândega diz que o último registro de desembarque de Filipe nos EUA foi em 20 de setembro de 2022, no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York. Ocasião em que o ex-assessor acompanhou Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU.

    Filipe foi preso no dia 8 de fevereiro de 2024 durante a deflagração da Operação Tempus Veritatis, que mirou o ex-presidente e aliados.

    A ação investiga a suposta vinculação deles aos atos de 8 de janeiro de 2023 e a uma possível tentativa de golpe de Estado. Ao todo, quatro pessoas tiveram prisão preventiva decretada: o ex-assessor e três militares.

    No caso do ex-assessor, o motivo que embasou a prisão foi o fato de seu nome constar na lista de passageiros que viajaram a bordo do avião presidencial com Bolsonaro dia 30 de dezembro de 2022 rumo a Orlando, nos Estados Unidos, sem registros formais da saída ou entrada no controle migratório do Brasil.

    A defesa de Filipe já comprovou, mediante confirmação de companhia aérea, que ele não viajou com a comitiva de Bolsonaro para Orlando, mas ficou no Brasil e foi para Curitiba (PR), o que contraria a tese da Polícia Federal (PF) de que o ex-assessor havia planejado uma fuga.

    Filipe foi preso no apartamento de sua noiva em Ponta Grossa (PR).

    No relatório, a PF insiste na tese de fuga ao registrar como supostas evidências o fato de terem sido encontrados poucos pertences no apartamento e de o município paranaense está situado “a cerca de 461 quilômetros de distância da cidade de Dionísio Cerqueira, fronteira com a Argentina, e 551 quilômetros até a cidade de Guaíra, fronteira com o Paraguai”.

    Apesar da defesa já ter contraditado à acusação, Filipe permanece preso por uma viagem que não aconteceu e pelo suposto planejamento de um crime que não cometeu.

    Por ordem de Moraes, depois de preso, Filipe foi levado para o Complexo Médico Penal (CMA), em Pinhais, no Paraná. Na unidade prisional — que ficou conhecida por receber presos da Lava Jato —, Filipe tem relatado dificuldades em relação à água e alimentação disponíveis.

    O entorno do ex-assessor tem relatado pressão por delação. De acordo com a defesa, Filipe teria dito que “não haverá delação porque não há o que delatar”.

    Ao conversar com a Gazeta do Povo, o professor de Relações Internacionais e analista político, Marcelo José Suano, afirmou que “Filipe Martins pode entrar na definição de preso político”.



    Source link

    MAIS RECENTES

    Partido União Brasil Realiza Reunião com seus Pré-candidatos a vereadores de Limeira

    Na noite da última terça-feira, 21 de maio, o Partido União Brasil Limeira promoveu...

    Após bate-boca, Brunini diz que Haddad insiste no “negacionismo econômico”

    Após um bate-boca com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em audiência na...

    Haddad menciona ‘calote’ de Bolsonaro em precatórios e governadores ao rebater deputado sobre déficit – Economia – CartaCapital

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), rebateu nesta terça-feira 22 o deputado...

    Lula recebe as credenciais de 8 novos embaixadores – Política – CartaCapital

    O presidente Lula recebeu nesta quarta-feira 22 as credenciais de oito novos embaixadores...

    Mais Notícias

    Partido União Brasil Realiza Reunião com seus Pré-candidatos a vereadores de Limeira

    Na noite da última terça-feira, 21 de maio, o Partido União Brasil Limeira promoveu...

    Após bate-boca, Brunini diz que Haddad insiste no “negacionismo econômico”

    Após um bate-boca com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em audiência na...

    Haddad menciona ‘calote’ de Bolsonaro em precatórios e governadores ao rebater deputado sobre déficit – Economia – CartaCapital

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), rebateu nesta terça-feira 22 o deputado...