mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaApple promete corrigir 'bug' que sugere bandeira da Palestina quando usuário digita...

    Apple promete corrigir ‘bug’ que sugere bandeira da Palestina quando usuário digita ‘Jerusalém’ – Tecnologia – CartaCapital

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    A gigante da tecnologia americana Apple prometeu nesta quinta-feira 11 evitar que um emoji da bandeira palestina seja sugerido para alguns usuários do iPhone quando eles digitam “Jerusalém” em suas mensagens.

    A empresa atribuiu o fato a um erro de software, que gerou acusações de preconceito contra Israel.

    A Apple informou à agência AFP que a sugestão desse emoji pelo teclado do iPhone não foi intencional e será corrigida na próxima atualização de seu sistema operacional.

    O fato foi denunciado na rede social X pela apresentadora de TV britânica Rachel Riley, renovando o debate sobre o direito de Israel ou dos palestinos de reivindicar Jerusalém como capital.

    Rachel ressaltou que não recebeu sugestões de emojis de outras bandeiras quando digitou o nome de outras capitais.



    Informações Carta Capital

    MAIS RECENTES

    O que está em jogo em uma eventual filiação de Tarcísio ao PL

    A possível ida do governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos),...

    Por falta de câmera corporal em policial, STJ absolve acusado em São Paulo – Justiça – CartaCapital

    A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça declarou a nulidade das provas...

    Haddad defende distribuição de riqueza para combater mudanças climáticas

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defendeu nesta quinta-feira (23) a distribuição de riquezas...

    Mais Notícias

    O que está em jogo em uma eventual filiação de Tarcísio ao PL

    A possível ida do governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos),...

    Por falta de câmera corporal em policial, STJ absolve acusado em São Paulo – Justiça – CartaCapital

    A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça declarou a nulidade das provas...