mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolíticaConselho de Segurança não chega a acordo sobre adesão da Palestina à...

    Conselho de Segurança não chega a acordo sobre adesão da Palestina à ONU – Mundo – CartaCapital

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -



    Os membros do Conselho de Segurança da ONU não chegaram a um acordo nesta quinta-feira 11 sobre o pedido de adesão plena dos palestinos à ONU, anunciou a presidente em exercício do Conselho, sugerindo uma possível votação iminente.

    “Não houve consenso” sobre a admissão de um Estado palestino, declarou Vanessa Frazier, embaixadora de Malta, que preside o Conselho em abril.

    Na semana passada, destacando a ofensiva israelense em Gaza, os palestinos relançaram seu pedido de ingresso na ONU de 2011. O Conselho iniciou seu processo formal de análise dentro de um comitê do Conselho, composto pelos mesmos Estados membros.

    Ao final de uma segunda reunião a portas fechadas, Frazier disse que “dois terços” dos membros do Conselho estão a favor da plena adesão dos palestinos, sem mencioná-los. Este comitê só pode tomar decisões por consenso.

    No entanto, isso não encerra a abordagem palestina. Após o relatório do comitê, qualquer Estado membro do Conselho pode submeter a votação uma resolução sobre a adesão.

    Segundo fontes diplomáticas, a votação poderia ocorrer em 18 de abril, por iniciativa da Argélia, que representa os países árabes no Conselho.

    Embora a embaixadora de Malta tenha sugerido que uma resolução desse tipo precisaria de nove dos 15 votos necessários, observadores preveem um veto dos Estados Unidos.

    Assim como em 2011, os americanos consideram que a ONU não é o lugar adequado para reconhecer um Estado palestino, que em sua opinião deveria ser o resultado de um acordo entre Israel e os palestinos.

    Eles também apontam para uma lei americana que cortaria o financiamento à ONU se o Conselho de Segurança aceitasse um Estado palestino sem esse acordo bilateral.



    Informações Carta Capital

    MAIS RECENTES

    Silveira nega intervenção na Vale, mas diz que na Petrobras é diferente: “é participação”

    O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que o governo não...

    Militares apostaram no caos que daria o poder de intervir, diz Gilmar a jornal alemão – CartaExpressa – CartaCapital

    O ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo Tribunal Federal, afirmou que a militarização...

    Líderes do Senado jogam desfecho sobre desoneração de municípios para junho

    Os líderes do Senado definiram nesta quinta-feira (23), em reunião com o presidente...

    Mais Notícias

    Silveira nega intervenção na Vale, mas diz que na Petrobras é diferente: “é participação”

    O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que o governo não...

    Militares apostaram no caos que daria o poder de intervir, diz Gilmar a jornal alemão – CartaExpressa – CartaCapital

    O ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo Tribunal Federal, afirmou que a militarização...