mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomeEsportesAnálise: Palmeiras sofre para ser criativo contra o Flamengo e mostra carência...

    Análise: Palmeiras sofre para ser criativo contra o Flamengo e mostra carência no elenco

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -


    Por Rodrigo Matuck

    O Palmeiras empatou em 0 a 0 com o Flamengo, neste domingo, no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão sofreu para ser criativo e foi bem apático ao longo dos 90 minutos.

    O Verdão deixou o gramado com apenas um chute no alvo. A única chance real foi em cabeçada de Flaco López, que parou nas mãos de Rossi. No fim, Aníbal até mandou para as redes após cobrança de falta, mas estava impedido. De resto, o clube pouco fez para assustar o goleiro rival.

    A falta de criatividade pode ser explicada por um fator: o sumiço de Raphael Veiga. Grande nome do Palmeiras nos últimos anos, o meia está sofrendo para aparecer nas últimas partidas da equipe. Ele já soma três partidas seguidas sem participar de gols.

    Contra o Flamengo, o camisa 23 não apareceu. Ele teve dificuldades para sair da marcação rubro-negra. Assim, a maioria dos ataques foram puxados pelo Endrick, que não estava em uma tarde inspirada.

    A queda de rendimento de Veiga expõe uma carência do elenco do Palmeiras. O técnico Abel Ferreira não tem um substituto a altura. Logo, o time sofre para criar chances quando o seu meia não está bem.

    “A culpa é minha. Eu já devia ter tirado o Veiga em dois ou três jogos, mas estou sempre o colocando. A responsabilidade é toda minha. O Veiga pode a qualquer momento pode nos dar coisas. Ele decide jogos. O problema é o treinador que insiste em estar sempre o colocando. Ele precisa descansar. Há dois dias o Veiga não ia jogar. Achei que ele não ia jogar em função da análise que fizemos. Mas a vontade dele de nos ajudar é tanta…”, disse Abel.

    “Ele é um jogador diferenciado. Eu tenho o Veiga e estamos procurando um reserva a altura. Eu tenho forçado muito o Veiga. Muitas vezes os jogadores estão com 50% de bateria. Ele não está na sua melhor forma e o responsável sou eu. Não há como. Sorte que eu tenho um Núcleo espetacular para recuperar os jogadores”, completou.

    O Verdão volta as suas atenções agora para a Libertadores. O time encara o Independiente del Valle na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), fora de casa, pela terceira rodada da fase de grupos do torneio.

    Já o próximo compromisso do Alviverde no Brasileirão será no dia 29 de abril, segunda-feira, contra o São Paulo. O jogo será no Morumbis, às 20 horas, pela quarta rodada.



    Source link Gazeta esportiva

    MAIS RECENTES

    obrigações de nova presidente da Petrobras, diz ministro

    O ministro Alexandre Silveira, de Minas e Energia, apontou que as áreas de gás,...

    Partido União Brasil Realiza Reunião com seus Pré-candidatos a vereadores de Limeira

    Na noite da última terça-feira, 21 de maio, o Partido União Brasil Limeira promoveu...

    Após bate-boca, Brunini diz que Haddad insiste no “negacionismo econômico”

    Após um bate-boca com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em audiência na...

    Haddad menciona ‘calote’ de Bolsonaro em precatórios e governadores ao rebater deputado sobre déficit – Economia – CartaCapital

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), rebateu nesta terça-feira 22 o deputado...

    Mais Notícias

    obrigações de nova presidente da Petrobras, diz ministro

    O ministro Alexandre Silveira, de Minas e Energia, apontou que as áreas de gás,...

    Partido União Brasil Realiza Reunião com seus Pré-candidatos a vereadores de Limeira

    Na noite da última terça-feira, 21 de maio, o Partido União Brasil Limeira promoveu...

    Após bate-boca, Brunini diz que Haddad insiste no “negacionismo econômico”

    Após um bate-boca com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em audiência na...