mais
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    HomePolítica 1Atuação "teatral": servidores ambientais criticam governo

    Atuação “teatral”: servidores ambientais criticam governo

    PUBLICAÇÃO

    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    spot_imgspot_img
    - Publicidade -


    Servidores ambientais indicam greve diante de impossibilidade do governo de atender demandas de reestruturação da carreira.| Foto: Divulgação/Ascema

    O governo federal afirmou, na última sexta-feira (7), que chegou ao limite nas negociações para reestruturação da carreira dos servidores ambientais. Em resposta, os servidores apontaram que a preocupação do governo com a área ambiental é “teatral”. Com isso, a greve dos servidores ambientais pode estar mais próxima. O conselho de entidades representativas dos servidores deve se reunir nesta segunda (10) para definir os próximos passos e decidir sobre o indicativo de greve.

    Se a greve for confirmada, serviços do Ibama, do ICMBio, do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e do Ministério do Meio Ambiente poderão ser paralisados.

    “E em plena Semana Mundial do Meio Ambiente, o governo Lula mostra sua preocupação com a área ambiental: antes de caírem as cortinas da teatral semana comemorativa, o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos comunicou oficialmente a representação dos servidores da área ambiental que não haverá acordo com o governo. Nada de reestruturação. Nada de reconhecimento. Nada de valorização”, diz a nota publicada pela Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema Nacional). 

    Em ofício assinado pelo diretor de Relações de Trabalho, o Ministério da Gestão e inovação (MGI) comunicou a impossibilidade de atender as demandas apresentadas pelos servidores. “Conforme informado na última reunião da mesa específica, o Governo chegou ao limite máximo, do ponto de vista orçamentário, do que é possível oferecer”, diz o ofício do Ministério.  

    Desde outubro de 2023, funcionários da área ambiental do governo buscam entre outros pontos, a equiparação dos salários com as carreiras de nível superior da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (Ana), com uma valorização progressiva. Em janeiro, os servidores paralisaram parte dos serviços e deixando de realizar atividades de campo que impactaram a concessão de licenças ambientais. 



    As informações são do site Gazeta do povo, Clique aqui

    MAIS RECENTES

    Ataque ucraniano deixa 2 mortos e 22 feridos na Crimeia – Mundo – CartaCapital

    Duas pessoas morreram e 22 ficaram feridas neste domingo 23 em Sebastopol, na...

    A uma semana de eleições na França, pesquisas antecipam 35% dos votos para a extrema-direita – Mundo – CartaCapital

    A França entra na última semana da campanha-relâmpago para as eleições legislativas antecipadas,...

    Confira quem foi bem e quem decepcionou pelo São Paulo contra o Vasco

    André Silva: o atacante aproveitou bem a rara oportunidade recebida por Zubeldía como...

    Os petroleiros de Lula – Opinião – CartaCapital

    Em maio de 1995, os petroleiros realizaram uma greve nacional por reajuste salarial...

    Mais Notícias

    Ataque ucraniano deixa 2 mortos e 22 feridos na Crimeia – Mundo – CartaCapital

    Duas pessoas morreram e 22 ficaram feridas neste domingo 23 em Sebastopol, na...

    A uma semana de eleições na França, pesquisas antecipam 35% dos votos para a extrema-direita – Mundo – CartaCapital

    A França entra na última semana da campanha-relâmpago para as eleições legislativas antecipadas,...

    Confira quem foi bem e quem decepcionou pelo São Paulo contra o Vasco

    André Silva: o atacante aproveitou bem a rara oportunidade recebida por Zubeldía como...